Lançamento de produtos, arquitetura, engenharia, design, varejo, atacado, informações sobre negócios,

Feito em construção modular

Na praia do Cassange, na península de Maraú, um local paradisíaco, nasce o maior empreendimento modular da América Latina – Alma Maraú. Um condomínio à beira mar de alto padrão que se diferencia em diversos aspectos reunindo inovação, tecnologia, sustentabilidade, glamour e uma qualidade de serviço hoteleiro excepcional.
Esse condomínio pé na areia que tem a missão de conectar o homem à natureza buscou na construção modular a solução para um projeto que visa não impactar a paisagem deslumbrante do litoral sul da Bahia e terá casas prontas de fábrica. As unidades estão sendo construídas a 2.000km de distância e chegarão prontas para serem instaladas.

O projeto de arquitetura foi feito pela mineira Adriana Machado, em um terreno com 40.000 m2 e, carrega elementos naturais e nativos da região com uso de pedras, madeira e aço cortein. O processo construtivo ficou a cargo do Grupo mineiro Lafaete que há mais de 50 anos atua no mercado da construção civil. Já a incorporação será da F2 Construtora, empresa mineira com tradição em empreendimentos de alto padrão e inovadores.
São 32 unidades de alto padrão construídas em estrutura de aço, paredes em light steel framing, construídas totalmente em ambiente fabril controlado. Nesse projeto há opções de casas com duas, três e quatro suítes, todas fabricadas em escala industrial em Mirassol, interior de São Paulo, pela Indústria CMC que faz parte do grupo Lafaete.
As residências modulares do Alma Maraú possuem um pé direito alto e a integração dos ambientes trazem amplitude e permitem compartilhar os momentos com familiares e amigos. As varandas majestosas foram projetadas para contemplar a vista deslumbrante com conforto e privacidade. Nesse processo construtivo, parte-se de um projeto virtual em todas as suas esferas (utilizando a metodologia BIM – modelo de informação da construção). Desde o orçamento, mão de obra, materiais usados em cada instalação até os possíveis riscos do projeto. Tudo isso de forma integrada a todos os profissionais envolvidos, garantindo o sucesso da execução.

Logística e seus desafios

Se de um lado temos toda a tecnologia a nosso favor, de outro um grande desafio logístico é imposto pela distância do empreendimento em relação à fábrica, cerca de 2 mil quilômetros, sem contar que 40% do percurso se dá em terra batida. Considerada a parte mais desafiadora de todo o processo, foi vencido com a determinação pela Lafaete.

Sustentabilidade e Paisagismo

A praia do Cassange encontra-se em uma estreita faixa de Mata Atlântica ladeada pelo mar de águas azuis e areia branca e do outro lado é possível aproveitar a linda vista da lagoa do Cassange. A preocupação em promover o mínimo de impacto ambiental motivou a construtora F2 a optar pelo processo construtivo industrial, já que possui uma construção limpa, sem resíduos ou impactos ambientais.

O Botânico e paisagista Ricardo Cardim, que tem um trabalho inovador em áreas verdes, resgatando a natureza original através de projetos e implantações em diferentes escalas, foi o escolhido para o projeto paisagístico do empreendimento. Para manter a integridade das plantas nativas e impedir cruzamentos de outras espécies não nativas, criou viveiros com irrigação automática para reproduzir espécies originais que serão utilizadas posteriormente para o paisagismo do condomínio.

Serviço e Hotelaria

Mesmo em se tratando de casas particulares, o condomínio a beira mar vai mesclar a casa ao conforto dos serviços de hotelaria com trocas de roupas de cama, serviço de bar e piscina, restaurante e SPA, entretanto, nada será incorporado ao condomínio, mas sim à unidade.

Mercado

Questionado sobre o mercado de modulares o gerente da CMC Lafaete Hugo Machado afirmou que a inovação na construção civil é uma necessidade constante e acredita que a construção modular abre a possibilidade de oferecer ao mercado uma solução pronta que garanta menor prazo e custo de obra, para os empreendimentos em escala e com um resultado superior as construções convencionais.

Embora seja uma modalidade relativamente nova no Brasil, os excelentes resultados nos projetos têm contribuído para a Lafaete conquistar mais mercado. “Podemos dizer que 100% dos nossos clientes estão satisfeitos com os resultados, e esse projeto que estamos realizando em parceria com a F2 em Maraú certamente representará um novo modelo para futuros condomínios habitacionais”.

Desenvolvimento imobiliário

Satisfeitos com o sucesso do Alma Maraú, a área de desenvolvimento imobiliário do grupo Lafaete está com projetos em desenvolvimento em outras regiões do país, antenados ao novo modo de viver, ou seja, na busca de empreendimentos imobiliários rápidos, sustentáveis e com grande integração à natureza.

Social

Por último, e não menos importante, esse sistema construtivo ainda possui um papel social bastante relevante sob o ponto de vista da segurança do trabalhador que passa a exercer sua atividade em um ambiente controlado, sem riscos e com as garantias industriarias.